segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Beautiful day!!!

Comecei a semana muito bem graças a Deus. Mudei de nível!!!! vivaaaa!! uhuhuhu!!! Agora estou no pre intermediate!!!! Um a menos do que o intermediário, aquele que entrei na primeira semana.
Ah e também descobri que tenho leitores que nem me  conhecem pessoalmente!!! Achei que só meus amigos me acompanhavam... mas enfim, pelo menos este espaço pode ser útil pra alguém (preciso parar de escrever tanta bobagem!)
No sábado fez um dia lindoooo e como aqui as pessoas tem carência de sol, todo mundo saiu pra rua. A cidade bomba, os parques bombam, a praia estava lotada! Como eu também sou um bichinho movido a luz solar, saltei pra fora de casa.


Brighton Marina


Eu e Juana, minha amiga colombiana


Marina

Uma coisa curiosa são os bancos la na Marina. Todos eles tem umas pequenas placas com umas homenagens póstumas, igual aos jazigos. Achei uma coisa meio mórbida, acho que deveria estar restrita ao cemitério mesmo. Eu por exemplo me sentei no banco do Wilian Alfred Roney, que nasceu em 26 de janeiro de 1917 e morreu dia 25 de janeiro de 2005, e que, conforme a placa, "Foi um homem verdadeiramente encantador". É, pena que ele morreu... não se fazem mais homens encantadores como antigamente.




Praia


Fim de tarde e o tempo já muda

A noite peguei minha primeira balada (balada mesmo) em Brighton. A convite do meu colega de classe que trabalha no club e fez a gentileza de conseguir a entrada free pra gente, eu e Juana fomos conhecer a Coalition. Naquele dia era eletro e house (que eu detesto), mas como era de graça e eu não tava fazendo nada mesmo...


O povo na noite aqui é bem diferente do que na balada que fui em Londres. Posso definir os homens assim: jeans rasgado+camisa xadrez+tênis sujo+cabelo moicano ou então jeans rasgado+camiseta suja e rasgada+tênis sujo+cabelo moicano (ou como diria Faustão, topete ao estilo "pingente de trem bala").


As meninas são um mix. Vestido justo e curto+saltão+maquiagem de drag queen+cabelo com laquê ou outro adereço. Estas são as patys. Ou então jeans rasgado+camiseta suja e rasgada+tênis sujo, e, por fim, aquelas que vão no estilo: "Sou louca e ridícula sim, e daí?" Se vestem com as mais variadas fantasias, roupas compradas em sex shop (cinta liga, espartilhos, etc), pijamas. Uma festa, no sentido mais literal da palavra. Minha amiga Fernanda, que fez intercâmbio nos EUA, me disse que nas festas de lá as mulheres soltavam a franga geral, se roçavam nos homens, uma putaria do caramba. Aqui não, todo mundo fica de boa. Só que eles bebem muito. Na hora que fui pegar meu bus noturno, vi muitas ambulâncias pelas ruas (aqui as baladas ficam uma quase do lado da outra). Galera caída no chão, outros vomitando, tinha uma pirada tirando a roupa e a polícia teve que intervir... Senhor!!! Imagina se aqui tivesse Carnaval!??

Este é o José, meu colega brasileiro


2 comentários:

Fernanda disse...

KKKK, o jeito de se vestir eh assim mesmo, cada um do seu jeito mais louco impossivel. E ng aí pra ng! adorei os coments, e pelo menos aí o povo se comporta! hahaha. Ah e q hrs termina a balada?

Lara disse...

Bahhh poise amiga esqueci deste detalhe, termina por volta das 3h. Cedinho tb....

Postar um comentário